segunda-feira, setembro 20, 2010

Por debaixo do tapete existe uma vassoura...

   Política é um assunto que tento dominar, mas nem sempre consigo entender. Tirei meu título com 16 anos, pois tenho vontade de chegar em frente à maquina e ajudar a escolher o futuro do meu país. Mas será que só isso basta? Só escolher o candidato é melhorar meu país?
   Sempre procurei me informar sobre meus candidatos. Toda a trajetória política e as propostas que eles possuem para fazer do Brasil um lugar melhor são alguns dos aspectos que avalio antes de escolher em quem realmente votarei. O chato é que, no Brasil, o voto é obrigatório. Parece ser um detalhe insignificante ao olhar de muitos, mas é totalmente relevante se olharmos com uma visão mais ampla.
   Vamos imaginar uma pessoa que não queira votar, mas é obrigada para não ter o cartão de crédito bloqueado, poder participar de um concurso público e outras de mil restrições que o governo impõe, para que a pessoa não tenha alternativa senão votar. E essa pessoa, revoltada por ter essa obrigação, vota tudo em branco. Como não tem o mínimo interesse por política, ela se esquece que, votando em branco, acaba votando no candidato com maior porcentagem (exceto nos candidatos a deputado estadual e federal, se não me engano), votando em alguém sem saber. Isso não se chama apenas falta de interesse: isso se chama falta de informação. Alguém aí me fala se viu na TV alguma propaganda dizendo que o voto em branco vai para os candidatos com maior porcentagem. Aliás, se vivemos em uma democracia, POR QUE RAIOS O VOTO É OBRIGATÓRIO?
   A maioria das pessoas com quem convivo não se interessam minimamente por política. Têm preguiça de ver a situação em que nosso país se encontra, de ir votar, de analisar o que pretendem fazer com nosso país. E isso acaba se refletindo não só nos candidatos, mas até numa folha de alface que você compra. Como? Inflação, redução do salário...
* escolha que você faz nas urnas reflete para o que você espera do seu país. Aulas de história, filosofia, sociologia e geografia são sempre reduzidas no ensino médio (pelo menos em Minas). Podem parecer um detalhe irrelevante, mas são essas aulas que nos ajudam a entender melhor o que acontece no nosso país, o que os antigos governantes realmente fizeram para beneficiar a população. O que os atuais políticos querem com isso?Desinteressar os jovens a entender política. Fazer com que muitos não queiram saber qual é a função de cada um.
  Queria que algum político se virasse e dissesse: quero acabar com o voto obrigatório. Mas NENHUM político faz isso. Sabe por quê? Porque todos querem que você caia na lábia deles e vote. E é nesse ritmo que o Brasil anda. Não concordo com o "Tiririca", pois acho que a situação no Brasil só piora em quesitos políticos, e "pior que tá fica".
   É por isso que peço a quem vota nessas eleições: pesquise ao menos por um minuto o que seu candidato fez, o que ele pretende fazer, se ele é podre, se realmente vale a pena usar seu voto para elegê-lo. É o mínimo que podemos fazer, já que a corja de políticos continua em massa, extraindo nossas riquezas, nossa economia e nosso dinheiro para benefício próprio.

3 comentários:

  1. Muito bom este texto. Também acho que o voto podia deixar de ser obrigatório ...

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente. Nos EUA, país que , em tese, é o melhor modelo de democracia no mundo, o voto não é obrigatório. E por que seria aqui? A maior parte das pessoas não se interessa por política e vota naqueles que lhe apresentam a campanha mais bonita no intervalo da novela. E é esse qualquer um que decide por nós. Uma vergonha.

    ResponderExcluir
  3. Cara, eu CONCORDO MT com vc. Inclisive, eu tb pretendo tirar o titulo aos 16 pq eu QUERO ajudar o pais. E de que adianta votar em qualquer um e ferrar ainda mais o Brasil? Para fazer isso, melhor não votar mesmo! ADORO seus posts hahaha, bjão!

    ResponderExcluir