sexta-feira, setembro 03, 2010

Desabafo

   Nunca tive muita paciência para as coisas. Desde enfiar uma linha numa agulha até aguentar andar de carro sem estar no banco do motorista. Isso não quer dizer que eu seja hiperativa, mas é a sensação de não fazer nada que me deixa ansiosa, nervosa.
   Pior que a sensação de não fazer nada, uma das coisas que mais me irrita é a mania que os outros tem de me corrigir. Não digo isso apenas em coisas escolares. Digo isso pelas minhas atitudes.
   Corrigir é bem genérico, pois um simples palpite já me deixa um pouco nervosa. É incrível como as pessoas tem o dom de dizer a coisa errada, no lugar errado e no momento errado. É como se milhões de hormônios fizessem uma espécie de "dança da fervura", que me deixa com "cara de fuinha" e consumida por dentro. Resolvi ignorar as correções e os palpites, mas isso só piorou a situação!!! Parece que quanto mais eu deixo pra lá, mais raiva eu tenho, e meu "termômetro desregulado de estresse" literalmente explode, machucando quem estiver por perto.
   Por mais que eu deixe claro, tem muita gente que continua a fazer as mesmas coisas que fazia antes, achando bonito e engraçado se eu sair do sério. Não é tão engraçado assim como parece, pois eu até choro dependendo da intensidade da raiva que eu sinto, mesmo que uma palavra tenha me feito explodir.
   Não sou um animal, um bicho de sete cabeças pra todos saírem correndo. Sou um ser humano como qualquer outro, e mereço respeito, pois respeito meus semelhantes e não tenho dado tantos motivos para tantas brincadeiras chatas e repetitivas. Não gosto que saiam dando palpite da minha vida, e todos que fazem isso estão cansados de saber o que penso a respeito de palpites e correções. Mas insistem, parecendo que é pra ferir mesmo.Chega


PS:Eu tenho o DIREITO de desabafar no meu blog, e se você acha que a carapuça serviu e está achando ruim que eu escreva o que eu tenho vontade no MEU blog, o problema é seu. Ninguém é obrigado a ler meus desabafos, mas se eu estiver a fim de fazer, o problema é meu.
PS2: Se acha que eu sou uma chiliquenta, exagerada e fico fazendo drama, faça o favor de nem me dirigir a palavra, já que eu sou tão imperfeita e você se considera um exemplo de perfeição.
PS3: Não quero ferir ninguém que leia isso, pois são sentimentos antigos, mágoas que ficaram aqui dentro e que dificilmente serão retiradas, pois o limite já extrapolou-se ha muito tempo e eu não tenho vontade nenhuma de permanecer calada perante às coisas que me incomodam.

   Para quem teve paciência de ler até o final, um muito obrigada, pois isso mostra que o que eu escrevi faz sentido.
Beijos,
Camila.

5 comentários:

  1. Muito foda
    Gostei do q tu disse BFF
    Ecreve super bem
    Acho q conseguiu desabafar
    Bjuxxx
    XD

    ResponderExcluir
  2. Nossa, você é igualzinha a mim, pelo que eu entendi. Antigamente eu guardava essas mágoas em mim e acredite, não é bom. Tente extravazar tudo o que você sente logo, mas de uma maneira inteligete. Eu também choro de raiva, e muito, e sei que é difícil de controlar, mas se você sentir que está para acontecer, tente se afastar, relevar e depois "acertar" as coisas.
    Tente ser mais calma também, eu estou tentando e as vezes até funciona. Relevar algumas coisas ajuda huahaa

    Beijos! ;*

    ResponderExcluir
  3. Muuuuuuito foda Camila, tá de parabéns demais.
    Você soube se expressa completamente seus sentimentos e teve a ousadia de dizer o que o seu coração sente e que muitas pessoas não tem coragem de dizer, você sabe que é muito boa no que faz e sabe muito bem que todos gostam de você pelo que é, não pelo que terceiros dizem sobre você .
    Quero te ter sempre do meu lado.
    Minha graçinhaaa, nós pra sempre s2

    ResponderExcluir
  4. Ninguém é melhor ou pior do que ninguém, mas td mundo merece respeito. E essas pessoas que insistem em dar palpites se julgando "melhores" ou mais experientes ou sei lá o que, são realmente um saco, amiga. Decidi que vou mesmo postar aquela história hahaha bjão!

    ResponderExcluir
  5. Ah, eu te entendo, também não gosto muito quando as pessoas me corrigem, mas me irrito mesmo quando essas pesssoas dão uma de que são as donas da verdade e sabem todas as coisas do mundo. Ah e também acho que você tá mais que certa em desabafar no seu blog, afinal é pra isso que servem os blogs (ou não? Bom, pelo menos eu penso assim). Bjus

    ResponderExcluir