segunda-feira, janeiro 31, 2011

Perdida

   Todos voltando às aulas e eu aqui, sem rumo... Caramba! Eu adorava comprar meus materiais escolares, escolhendo cadernos, agenda, estojo e até cor de lapiseira!!! Pode até parecer, no princípio, uma futilidade. Mas não é isso.... É que comprar meus materiais simbolizava o que eu esperava do ano todo. Como assim, Camila? Você ficou biruta?
   Janeiro sempre foi o mês em que eu "organizava" minha vida. Eu viajo todos os anos para o mesmo lugar, o que eu não acho entediante porque eu AMO a cidade que eu fico nas férias. Depois de viajar, eu arrumava meu quarto, daquelas gerais mesmo, passando paninhos e espanador em tudo quanto é canto, arrumando a coleção de livros e DVD's, organizando a mesinha onde fica o notebook... Enfim, botando a vida em ordem. Quando passava por essa fase, eu já sabia o que me aguardava: escola.
   A escola simbolizava, além de rotina, um lugar onde poderia melhorar minha forma de conduzir o novo ano. E, para ajudar nesse objetivo anual, os materiais eram escolhidos de acordo com minhas metas. Ex: teve um ano que eu queria ser mais organizada, então escolhia materiais menos enfeitados, mais "limpos", para facilitar a organização. Outro ano eu queria ser mais romântica (coisa que eu não sou até hoje), então comprava materiais cheios de frufrus, e por aí vai.
   Esse ano eu pularei essa etapa... Graças ao golpe da idade, não sei o que quero aprimorar esse ano. Espero descobrir logo, sem precisar passar por nenhuma papelaria.

terça-feira, janeiro 25, 2011

Chegou a hora de recomeçar!

   Por muito tempo parei de fazer coisas que sempre julguei importantes. Senti muita falta de tanta coisa que eu fazia e pensava... Tudo deixado um pouco de lado para cumprir minhas obrigações.
   É difícil para uma pessoa fazer tudo o que deseja em tão pouco tempo, afinal, não saberemos até que dia estaremos vivos. Sou jovem e tenho tantos planos... Quero entrar na faculdade, aprender a tocar violão e viola, ficar craque na dança de salão, terminar meu livro, ler uma lista de livros... São tantos meus sonhos que mal cabem na minha cabeça. Ideias bombardeiam diariamente meus pensamentos que minha cabeça precisou "fechar para balanço".
   Contava os dias para terminar o ensino médio e me livrar de vez de ter essa obrigação toda (como se eu não tivesse mais nenhuma obrigação daqui pra frente), querendo esvaziar minha mente de pensamentos tão negativos e inúteis. Férias... Estavam em meus sonhos.
   Viajei, relaxei, descansei, pensei. Sentava na escada e olhava pra Lua, pensando no que poderia ser descartado e o que poderia ser aproveitado na minha vida. Agora, que as férias estão no fim pra muita gente, posso dizer que as aproveitei na força máxima, renovando minhas ideias e meus projetos!